Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘onmyoudou’

yinyangaoikuwanNa China antiga, os sábios começaram a investigar a ciência chinesa para descobrir mais e mais padrões da natureza. A astronomia é uma das grandes áreas que os chineses começaram a se aprofundar. O símbolo do Yin Yang (Taiji), que foi explicado aqui no último post, é um exemplo desses padrões na natureza que foram observados.

Mas isso não era suficiente, e os chineses continuaram suas investigações para explicar a natureza e o funcionamento dos padrões. Eles observaram os planetas e as estrelas à noite, e descobriram que os cinco planetas (Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno), orbitavam ao redor do sol, encontraram a Ursa Maior e as 28 constelações chinesas. (mais…)

Read Full Post »

yinyangaoikuwanExiste o diagrama do Yin Yang (Taiji) correto, e outros que não o são. O correto é o que “gira em sentido horário”, com a parte iluminada para cima, e a escura para baixo. Para se começar falar de Taoísmo e Onmyoudou, é necessário esclarecer o básico.

Não se trata de uma sensibilidade do que seja correto, de ponto de vista, de religiões, de crenças, de práticas supersticiosas, trata-se puramente da antiga astrologia chinesa e da ciência matemática dos antigos sábios chineses.

Muitas pessoas transformam o Yin Yang é símbolo ou logomarca através de uma crença, então eles “pensam” que tal e tal forma é correta, porque é assim que se sentem bem. Não é e não pode ser. Há toda uma teoria por trás que explica por que o diagrama é desenhado como a figura ao lado. E hoje eu vou revelá-la a vocês. (mais…)

Read Full Post »

Aisatsu~

A cor vermelha é predominante no oriente. Seja no Japão ou na China, sempre encontramos elementos tradicionais que marcam suas culturas pintados com essa cor. Os templos xintoístas geralmente são vermelhos; os nós chineses são preferencialmente atados com fio de seda vermelho, e no Feng Shui, três moedas chinesas amarradas com fio vermelho atraem prosperidade. O que significa a cor vermelha para os chineses e japoneses? (mais…)

Read Full Post »

O Oshougatsu, o Ano Novo japonês é um dois mais importantes – para não dizer o principal – feriados do calendário nipônico. Uma série de preparações e rituais são realizados para recepcionar o ano que está por vir, com o objetivo de trazer boa sorte e renovação para a vida de todos.

Ao longo do mês de dezembro e no início do mês de janeiro, serão postadas algumas das celebrações mais tradicionais das comemorações de Oshougatsu com certa antecedência, de forma que vocês possam acompanhá-las e até mesmo realizá-las se tiverem a oportunidade. (mais…)

Read Full Post »

Aisatsu yo~

A Criatura Sobrenatural que conheceremos hoje é ligeiramente diferente das demais. Isso porque ela não possui lendas ou contos folclóricos ligados à sua figura. No entanto, sua imagem está presente no cotidiano da maioria dos povos orientais. Estamos falando de Shishi, também chamado de Koma-inu ou Kara-shishi, a estátua de leão-cachorro que guarda a entrada dos templos. (mais…)

Read Full Post »

Aisatsu yo.

A descoberta do chá está envolta em vários mitos e lendas. O primeiro relato escrito que faz referência ao chá remonta a 3000 a.C, embora seu uso tenha se dado muito antes dessa data, sem dúvidas. (mais…)

Read Full Post »

Aisatsu-yo!

Sei que faz tempo desde a última parte da sessão do blog sobre Criaturas Sobrenaturais. Por isso, retomamos hoje em dobro, com dois dos meus youkais preferidos: Bakeneko e Nekomata. Se você passou a acompanhar o blog recentemente e não sabe o que é um youkai, eu sugiro que leia a Parte 1: Youkais.

 

Da mesma forma, mesmo se você já acompanha a sessão, recomendo também que (re)leia a Parte 2: Bakemono, Mononoke e Tsukumogami antes de prosseguir com a leitura, pois retomaremos esses conceitos agora. (mais…)

Read Full Post »

Para aqueles que sentem saudades dos textos da Teogonia Xintoísta, mais um trabalho de Frederick Hadland Davis e Lafcadio Hearn, traduzido e adaptado por mim: a Lenda do Sussuro de Sai no Kawara.

Sob a terra se encontra o Sai-no-Kawara, ou “o Leito Seco do Rio das Almas”. Esse é lugar no qual as todas as crianças vão depois da morte, crianças e aqueles que nunca se casaram. Aqui, os pequenos brincam com o bosatsu Jizô sorridente, e aqui é o lugar onde eles constroem pequenas torres de pedras, pois há muitas no leito desse rio. (mais…)

Read Full Post »

Foi no ano de 538 D.C que o Budismo se introduziu no Japão. Junto com ele, vieram as estátuas de Buda, antigos sutras, bem com o incenso. Daquele momento em diante, o incenso de tornou uma parte inseparável da história japonesa e seu uso se espalhou pelo país. (mais…)

Read Full Post »

Yantras e Mandalas

Yantra, palavra em sânscrito que significa “instrumento”, é um desenho geométrico que opera como uma ferramenta altamente eficiente para a contemplação, a concentração e a meditação. Mandala, por vezes traduzida como “círculo” ou “essência”, é uma representação gráfica muito mais detalhada do que o Yantra, traduz em si o universo espiritual, de seus milhares reinos e divindades, e é utilizada como um poderoso auxílio para a meditação e a concentração. (mais…)

Read Full Post »

Older Posts »