Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘I Ching’ Category

Tui, ALEGRIA, assim como Sun, SUAVIDADE (57), é um dos oito hexagramas formados pela repetição de um mesmo trigrama. Tui significa a filha menor, tem como símbolo o lago sorridente e seu atributo é a alegria. Essa jovialidade não se origina, como poderia parecer, na maleabilidade de que é dotada a linha na última posição.68 O atributo do princípio maleável ou obscuro não é a alegria e sim a melancolia. Todavia, a alegria é indicada pelo fato de haver duas linhas fortes no interior que se expressam no plano externo através da suavidade. A verdadeira alegria, portanto, baseia-se numa firmeza e força interior, expressando-se no plano externo através de suavidade e gentileza. (mais…)

Read Full Post »

Sun é um dos oito hexagramas formados pela repetição de um mesmo trigrama. Representa a filha mais velha e simboliza vento ou madeira. Tem como atributo a suavidade, que é penetrante como o vento ou como a madeira em suas raízes.

O princípio da escuridão, em si mesmo estático e imóvel, é dissolvido pelo penetrante princípio luminoso ao qual, com suavidade, se subordina. Na natureza, é o vento que dispersa as nuvens acumuladas e deixa o céu claro e sereno. Na vida humana, é a penetrante clareza de julgamento que dissolve todas as sombrias intenções veladas. Na vida da comunidade, é a poderosa influência de uma eminente personalidade que desvela e dissolve as intrigas que se esquivavam da luz. (mais…)

Read Full Post »

A montanha (Kên) mantém-se imóvel; acima, o fogo (Li) arde e não permanece no mesmo local. Por isso, os dois trigramas não ficam juntos. Terras estranhas e separação, eis o destino do viajante. (mais…)

Read Full Post »

Chên é o movimento, li, a chama, cujo atributo é a claridade. Clareza interna e movimento externo geram grandeza e abundância. Este hexagrama representa uma época de grande desenvolvimento cultural. Mas o próprio fato de se ter atingido aculminância implica na impossibilidade de permanência dessa condição excepcional de abundância.

 

JULGAMENTO

A ABUNDÂNCIA tem sucesso.

O rei atinge a abundância.

Não fique triste.

Seja como o sol ao meio-dia.

Nem todo mortal está destinado a promover uma época de suprema grandeza e abundância. Só um líder nato é capaz disso, pois sua vontade é voltada para grandes metas. Uma tal época de abundância é, em geral, breve. Em virtude disso, o sábio poderia entristecer-se ao perceber a decadência que deverá se seguir. Mas essa tristeza não lhe é adequada. Só um homem interiormente livre de tristezas e preocupações pode promover uma época de abundância. Ele deve ser como o sol ao meio-dia, que ilumina e alegra a tudo que existe sob o céu.

 

IMAGEM

Trovão e relâmpago surgem: a imagem da ABUNDÂNCIA.

Assim o homem superior decide processos e executa as penas.

Esse hexagrama tem certa relação com o hexagrama 21, MORDER, onde também há trovão e relâmpago, porém, em ordem inversa. Enquanto lá as leis são estabelecidas, aqui elas são aplicadas e executadas. A clareza interior (Li) possibilita uma exata investigação dos fatos, enquanto a comoção exterior (Chên) garante a firme e precisa execução das penas.

 

LINHAS

Nove na primeira posição significa:

Quando um homem encontra o governante que lhe é destinado,

podem permanecer juntos dez dias e isso não será um erro.

Ir provoca o reconhecimento.

Para promover uma época de plenitude é necessário unir à clareza um enérgico movimento. Quando duas pessoas reúnem esse par de atributos, há entre elas uma correspondência, e mesmo que elas permaneçam.juntas ao longo de todo um período, durante o ciclo da abundância, isso não representará um tempo demasiado, nem deve ser considerado um erro. Por isso, pode-se seguir adiante para agir; essa iniciativa encontrará reconhecimento.

 

Seis na segunda posição significa:

A cortina é tão densa

que se pode ver a estrela polar ao meio-dia.

Seguir adiante provocará desconfiança e ódio.

Se o despertarem através da verdade,

a boa fortuna virá.

Muitas vezes, disputas e intrigas facciosas, de efeito semelhante ao obscurecimento causado por um eclipse solar, vêm se interpor entre um governante que busca realizar grandes tarefas e o homem que poderia levá-las a cabo. Então, no céu ao invés do sol se vê a estrela polar. A presença do governante é obscurecida por um grupo que usurpou o poder. Se, numa tal época, um homem quiser agir de maneira enérgica, encontrará apenas desconfiança’e inveja, o que impossibilita qualquer movimento. O essencial, então, é manter-se interiormente fiel ao poder da verdade, pois ela é tão poderosa que, ao final, terminará por exercer uma invisível influência sobre o governante, e tudo acabará bem.

 

Nove na terceira posição significa:

O arbusto é tão denso

que se vêem pequenas estrelas ao meio-dia.

Ele quebra seu braço direito.

Nenhuma culpa.

Isto simboliza o obscurecimento progressivo do sol. Aqui o eclipse é total, e ao meio-dia podem-se ver até mesmo pequenas estrelas. No âmbito das relações sociais isto significa que a figura do príncipe sofreu um tal obscurecimento que mesmo as pessoas mais insignificantes podem se sobressair. Com isso, um homem capaz, que poderia ser o braço direito do governante, fica impossibilitado de realizar qualquer coisa. É como se seu braço estivesse quebrado. Mas ele não tem culpa de estar assim impedido de agir.

 

Nove na quarta posição significa:

A cortina é tão densa que se pode ver a estrela polar ao

meio-dia.

Ele encontra seu governante, o qual se lhe assemelha.

Boa fortuna!

Nesse ponto a escuridão já está em declínio e, por isso, aqueles que têm afinidade entre si podem se encontrar. Aqui também é necessário encontrar uma complementação; à alegria da ação deve-se aliar a necessária sabedoria. Então tudo correrá bem. O fator complementar postulado aqui tem um sentido oposto ao da primeira linha. Lá a sabedoria deveria procurar se unir à energia. Aqui a energia deve ser complementada pela sabedoria.

 

Seis na quinta posição significa:

Linhas chegam, bênçãos e fama se aproximam.

Boa fortuna.

O governante é modesto e escuta os conselhos dos homens capazes. Por isso acercam-se dele pessoas que lhe sugerem linhas de ação. Isso traz bênçãos, fama e boa fortuna tanto para ele como para seu povo.

 

Seis na sexta posição significa:

Sua casa encontra-se na abundância.

Ele esconde sua família,

espreita através do portão e já não percebe mais ninguém.

Durante três anos ele não vê mais nada.

Infortúnio!

Isso descreve um homem que, por sua arrogância e obstinação, atinge o oposto do que anseia. Ele procura abundância e esplendor para sua moradia. Deseja a todo custo ser o senhor absoluto em sua casa, mas isto o afasta de sua própria família a tal ponto que, ao final, ele se vê completamente só.

 

Fonte: Richard Wilhelm – I Ching

Read Full Post »

Acima está Chên, o filho mais velho; abaixo Tui, a filha mais moça. O homem toma a dianteira e a jovem o segue com alegria. Isso representa a entrada de uma jovem na casa de seu marido. Há, ao todo, quatro hexagramas que abordam a relação entre marido e mulher. Hsien, INFLUÊNCIA (31), fala da atração entre um jovem casal. O hexagrama Hêng, DURAÇÃO (32), trata do relacionamento permanente do casamento. O hexagrama Chien, DESENVOLVIMENTO (53), refere-se às demoradas formalidades que precedem um casamento adequado. E, por fim, Kuei Mei, A JOVEM QUE SE CASA, descreve uma jovem que segue um homem mais velho — e casa-se com ele. (mais…)

Read Full Post »

Este Hexagrama se compõe de Sun (madeira, o penetrante; acima, isto e, no exterior, e Kên (a montanha, quietude) abaixo, isto é, no interior. Uma árvore na montanha se desenvolve devagar, segundo as leis de sua natureza, e assim mantém-se firmemente enraizada. Isso sugere a idéia de um desenvolvimento que avança gradualmente, passo a passo. Os atributos dos trigramas também indicam o mesmo: a tranqüilidade interior que protege contra atitudes precipitadas e a penetração exterior que possibilita o desenvolvimento e o progresso. (mais…)

Read Full Post »

O símbolo desse hexagrama é a montanha, o filho mais moço do céu e da terra. O masculino está acima, pois essa é a tendência de sua natureza. O feminino está abaixo, na direção do seu movimento próprio. Assim, faz-se o repouso, pois o movimento chegou a seu término natural. Quando aplicado ao homem, o tema do hexagrama consiste na busca da serenidade do coração. É muito difícil acalmar o coração. Enquanto o Budismo aspira à quietude através de uma extinção de todo movimento no Nirvana, o Livro das Mutações sustenta que a quietude é somente um estado de polaridade que tem como constante complemento o movimento. Talvez as palavras do texto contenham indicações para a prática do yoga. (mais…)

Read Full Post »

O hexagrama Chên representa o filho mais velho, aquele que se apodera do comando, enérgica e poderosamente. Uma linha yang surge abaixo de duas linhas yin e se eleva com vigor. Esse movimento é tão violento que provoca terror. Ele tem como símbolo o trovão que irrompe da terra, causando com seu impacto temor e tremor. (mais…)

Read Full Post »

As linhas que compõem este hexagrama formam a imagem do caldeirão; abaixo estão as pernas sobre as quais está o bojo, em seguida as alças e acima as argolas usadas para carregá-lo. Esta imagem sugere também a idéia da alimentação. O caldeirão de bronze era o utensílio que continha os alimentos cozidos no templo dos ancestrais e nos banquetes. Cabia ao anfitrião servir os alimentos do TING nas tigelas dos convidados. (mais…)

Read Full Post »

O termo que designa este hexagrama tinha originalmente o sentido do pêlo de um animal, que muda no decorrer do ano. Seu significado foi então ampliado de modo a abranger as mudanças na vida política, as grandes revoluções ligadas à troca de governo.

Os dois trigramas que compõem este hexagrama são os mesmos do hexagrama K’uei, OPOSIÇÃO (38), as duas filhas menores, Li e Tui. Lá, porém, a mais velha das duas se encontrava acima, o que, basicamente, causava apenas um antagonismo de tendências. Aqui, a mais moça está acima e as influências se opõem, as forças se combatem como fogo e água (lago), cada qual tentando destruir a outra. Por isso a idéia de revolução. (mais…)

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »